Análise Transacional

A Análise Transacional é uma teoria da psicologia social criada por Eric Berne, psiquiatra canadense, a partir da década de 1950.  "A Análise Transacional é uma teoria da personalidade e uma psicoterapia sistemática para crescimento e mudança pessoal", definição da ITAA. (International Transactional Analysis Association).

 

Como uma Teoria da personalidade, a Análise Transacional nos dá uma visão de como a pessoa é psicologicamente estruturada. Para isso utiliza-se de um modelo de estados de ego. O mesmo modelo nos ajuda a entender como as pessoas expressam sua personalidade em termos de comportamento.

 

Oferece também:

Uma Teoria da comunicação e um método para analisar sistemas e organizações.

Uma Teoria do desenvolvimento infantil. O conceito de script de vida explica como os padrões de vida atuais foram originados na infância.

Teoria de psicopatologia.Utilizando o referencial de script de vida, a Análise Transacional desenvolve explanações de como podemos manter estratégias infantis na vida adulta, mesmo quando essas produzem resultados que são dolorosos ou punitivos.

 

Na área das aplicações práticas, a AT de fato oferece um sistema de psicoterapia. É usada no tratamento de todos os tipos de desordem psicológica, desde problemas do cotidiano até psicoses severas. Fornece um método de terapia para ser usado com indivíduos, grupos, casais e familias.

A Análise Transacional também é usada em ambientes educacionais. Ajuda professores e estudantes a manter uma comunicação clara e evitar confrontações improdutivas.

 

PRINCIPAIS CONCEITOS DA ANÁLISE TRANSACIONAL

Um Estado de Ego é um conjunto de sentimentos, pensamentos e comportamentos. Uma maneira que manifestamos parte de nossa personalidade num dado momento.

Dizemos que a pessoa está com a energia psíquica no estado de ego Adulto quando ela sente, pensa e se comporta conforme a situação no momento presente usando todos recursos que dispõe.

Algumas vezes a pessoa pode sentir, pensar e se comportar como seus pais ou outra figura parental faziam, aí dizemos que ela está no seu estado de ego Pai.

Outras vezes a pessoa pode sentir, pensar e se comportar como fazia quando era criança, revivendo estas emoções ou pensamentos, aí dizemos que ela está no seu estado de ego Criança.

 

Transações e toques e estruturação do tempo

Quando nos comunicamos podemos escolher fazer isso a partir de qualquer um dos estados de ego. E o outro pode responder a partir de qualquer um dos seus estados de ego. Essa troca de comunicação é chamadaTransação.

Um toque é uma unidade de reconhecimento trocada entre duas pessoas. Pessoas precisam de toques para manter seu bem estar físico e psicológico.


Jogos psicológicos

São um padrão repetitivo de comunicação entre duas ou mais pessoas que gera desconforto e sentimentos negativos, pois além da comunicação verbal há outra não-verbal que chamamos de isca. Nos jogos confirma-se o que se pensa sobre si e sobre os outros. (Ex: "Ela não tem jeito mesmo" - "Eu sempre....." ).

 

Script de vida
É um plano de vida, inconsciente, baseado em decisões tomadas na infância, que inibe a espontaneidade e limita a flexibilidade para resolver problemas e se relacionar com as pessoas. Estas decisões de script geralmente são feitas quando a criança está sob pressão, desejando a aprovação dos que a cercam, e não tem consciência de outras alternativas. As decisões de script aparecem posteriormente na vida como crenças limitantes sobre si mesmo, sobre os outros ou sobre a vida. O script também define o estilo de vida, de sucesso, de relacionamentos, etc.

Em os Jogos da Vida, Berne diz:“Os pais, deliberadamente ou inconscientemente, ensinam seus filhos, desde o nascimento, como se comportar, pensar, sentir e perceber... influência necessária para a sobrevivência biológica e social...Libertar-se destas influências não é algo fácil.... De fato, esta libertação só é possível quando o indivíduo se lança a um estado autônomo, ou seja, capaz de consciência, espontaneidade e intimidade...”​